Massagens com óleos essenciais

Quem é que não gosta de uma boa massagem, não é mesmo? A massagem tem o poder de relaxar o corpo e melhorar a saúde como um todo. Ela combate estresse, dores musculares, aumenta a elasticidade dos tecidos, melhora a circulação, remove células mortas, elimina fadiga.

   O uso de óleos essenciais para a massagem é importante porque o aroma adentra na corrente sanguínea transmitindo uma sensação de bem-estar, porém precisa ser feita uma escolha correta dos óleos para adquirir sucesso na realização da massagem.

massagens-com-oleos-essenciais

Preparando os óleos para a massagem:

Todos os óleos essenciais precisam ser diluídos de alguma forma antes de fazerem contato com a pele para serem usados em misturas para massagem.
A diluição dos óleos pode ser feita tanto em óleo vegetal quanto em creme. Eles fornecem um meio para os óleos essenciais de trabalhar sem danificar suas qualidades terapêuticas e agir como um lubrificante entre as mãos e o corpo durante a massagem.

Misturando os óleos:

– Primeiro você precisa decidir quais óleos serão utilizados na mistura. Em média, para uma massagem completa (no corpo todo) é necessário a medida entre 20 e 30ml de óleo;

– Depois de ter a medida total você consegue calcular quantas gotas serão necessárias para obter esta medida (por exemplo: para 20ml serão necessárias 10 gotas de óleo essencial);

– O próximo passo é decidir a quantidade de gotas de cada óleo.

Dicas para a preparação:

– Procure saber se o óleo essencial que pretende usar pode causar irritação na pele, se este for o caso 2 gotas são suficientes para a mistura, caso seja considerado seguro pode usar de 5 a 6 gotas (ambas para a mistura de 20ml);

– O aroma de alguns óleos são muito fortes (por exemplo: eucalipto, tea-tree e ylang-ylang), portanto se este for o caso 1 gota é o suficiente para 20ml;

–  Teste misturas diferentes até achar uma que lhe agrade.

Quando deve-se evitar a massagem?

 No abdômen durante a gravidez, caso tenha ocorrido problemas cardíacos frequentes, em varizes, áreas de recente inflamação, em queimaduras, se a pessoa tem problemas de pressão sanguínea, depois de uma refeição pesada, se houver febre ou infecção bacteriana/viral (pneumonia).

Importante: se realizadas em alguns destes casos pode fazer mais mal do que bem para a pessoa.  

Antes de começar:

– A pessoa precisa estar relaxada e se sentir confortável. É ideal que a pessoa esteja deitada em um sofá ou uma cama, prestar atenção na postura durante a massagem e dobrar os joelhos sempre que possível;

– Remover todas as joias de ambos, da pessoa que irá receber a massagem e da pessoa que a fará;

– Certifique-se que o quarto em que a massagem está ocorrendo é quente o suficiente. As áreas expostas do corpo podem tornar-se rapidamente frias, então mantenha um cobertor ou toalha adicional;

– Use luzes suaves e música calma para acompanhar a massagem podendo assim aperfeiçoar o ambiente. Silencio também ajuda a relaxar;

– A pessoa que fará a massagem deve estar vestindo roupas confortáveis para melhor liberdade dos movimentos.

E aí? Prontos para a massagem? 🙂

Bibliografia: The Aromatherapy Studio – um livro por Chancellor Press

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s